Web Radio Jesus Cristo Gospel: U2 canta música “gospel”

sexta-feira, 2 de junho de 2017

U2 canta música “gospel”


U2 canta música “gospel” em homenagem a vítimas de atentado do Estado Islâmico: “O Reino virá”


0
A banda irlandesa U2 participou do talk show de Jimmy Kimmel e comentou o covarde atentado terrorista de autoria do Estado Islâmico em Manchester, no último dia 22 de maio, quando 22 pessoas perderam a vida, sendo a maioria jovens e adolescentes.
O U2 é uma banda secular de rock, mas seus integrantes são cristãos, e o vocalista, Bono Vox, constantemente expressa sua fé em entrevistas e discursos. Muitas das letras que os músicos compõem são verdadeiras mensagens cristãs, como a clássica I still haven’t found what I’m looking for.
“Ele te elevará ao lugar mais alto/ Ele te levantará quando você chamar/ Ele te dará abrigo na tempestade/ Eu acredito na vinda do Reino/ Quando então pessoas de todas as cores/ irão se tornar apenas uma/ Você quebrou os elos, soltou as correntes/ Você carregou a cruz/ E com ela toda a minha vergonha/ Você sabe que eu acredito nisso”, diz a letra da canção, que poderia facilmente ser entoada em um culto.
Essa música, lançada com o álbum Joshua Tree em 1987, foi usada pelo U2 na entrevista na última quinta-feira, 25 de maio, para enviar uma mensagem de esperança. “Eles odeiam a música, odeiam as mulheres, odeiam até as meninas. Eles odeiam tudo o que amamos e o pior da humanidade estava em Manchester”, disse Bono, referindo-se aos extremistas.
talk show de Jimmy Kimmel é um dos mais populares do planeta atualmente, e a entrevista do U2 teve grande repercussão na Europa e também na América. Bono afirmou que cantaria I still haven’t found what I’m looking for por ser é uma “canção gospel para quem tem o espírito inquieto”.
No programa, a banda foi acompanhada por um coral que fazia os backing vocals, e quando a apresentação da música chegava próximo ao refrão, o vocalista convidou: “Vamos para a igreja”.
Assista:

Bono Vox, 57 anos, casado há 35 anos com sua primeira namorada e pai de quatro filhos. Criado na Igreja Anglicana, seguiu na carreira musical e se tornou um dos mais famosos vocalistas de rock.
Em 2016, Bono visitou o pastor Eugene Peterson e o encontro se tornou um documentário sobre Salmos. Nele os dois revelaram ao público que dedicaram 15 anos ao estudo em conjunto dos Salmos, e o vínculo que essa paixão pelo livro criou entre ambos.
Esse ano, o professor de teologia David Taylor lançou outro documentário, com a participação de Bono falando sobre sua busca por Deus, e que a banda U2 foi iniciada “tentando preencher o buraco no coração com música, com meus companheiros de banda”, mas que anos depois, entendeu que “a única coisa que podia preenchê-lo é o amor de Deus”: “Era um grande buraco, mas felizmente Ele oferece um grande amor”, acrescentou.
No documentário ele também comentou sua recente visita a Jerusalém e disse que após décadas de reflexão, chegou a conclusão que o amor de Deus mudou sua vida desde a adolescência e que o Evangelho “precisa ser pregado”, mesmo que o mundo não esteja ouvindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário