Web Radio Jesus Cristo Gospel: 2016-02-07

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

O Pastor Marcio Valadão se Recupera de uma Dor Muito Forte no Coração

O pastor da Igreja Batista da Lagoinha, Márcio Valadão sentiu uma forte dor no peito na noite da última terça-feira, 2, e logo na quarta-feira tratou de fazer alguns exames para saber como está a saúde do órgão. A filha mais velha, a cantora Ana Paula Valadão publicou em sua página oficial do Facebook alguns detalhes sobre a situação do líder.
“Papai teve dores fortes na terça e ontem foi internado. Hoje fizeram o cateterismo e havia duas artérias entupidas quase completamente. Levaram-no para o bloco cirúrgico e colocaram três stents. Peço orações por sua total recuperação”, postou. Esta não foi a primeira vez em que o líder da Lagoinha passou por problemas no coração. Em 2006, durante um culto, ele sofreu um infarto.
“Há dez anos atrás ele sofreu um infarto, e na terça feira à noite meu pai teve outra dor no peito, graças a Deus não foi outro infarto, porém foi o suficiente para no outro dia virmos ao hospital e nos prepararmos para novos exames” publicou André Valadão em suas redes sociais.
“Hoje foi o dia do Milagre. Papai colocou mais três stents em seu coração nesta manhã. Hoje no cateterismo foi detectada a importância da colocação de três novos stents e para glória de Deus foi excelente o procedimento! Uma bênção! Papai tem 67 anos e muito ainda para fazer em prol do Reino de Deus! Aleluia, contamos com as orações de todos, ele se recupera muito bem e logo estará em casa”, comentou em seu post. O cantor aproveitou para agradecer o médico que atendeu Márcio. “Obrigado pelo carinho com nossa família. Ao Dr. Robson, nossa gratidão pela sempre prontidão e acompanhamento maravilhoso com o papai”, finalizou.
Em matéria publicada no site da igreja, André deu mais detalhes. “Graças a Deus todos os exames que ele fez foram muito positivos, ele está com o coração saudável, a musculatura, tudo muito bom”, disse. “Foi realmente uma bênção. Deus operou um livramento. O médico está muito feliz, disse que foi maravilhoso o que foi feito. Graças a Deus, nosso pa(i)stor está muito bem, tudo na santa paz do Senhor, louvamos a Deus por isso”, contou.
Já a filha mais nova, Mariana Valadão, mostrou sua gratidão pela saúde do pai em sua fanpage. “Quem da cova redime a tua alma e te coroa de graça e misericórdia (Salmos 103.4). Aleluia! Como Igreja e família, recebemos de Deus um grande livramento. Meu pai, pastor Márcio Valadão, mais uma vez experimentou a mão do Senhor trazendo vida e lhe dando um novo coração! Sentiu fortes dores no peito, precisou passar por procedimentos cirúrgicos… Agora está se recuperando! Nada melhor do que estar juntinho, agarradinho, dando bastante amor e carinho! Agradecendo a Deus! Um grande milagre e livramento!”, postou juntamente com sua foto abraçada com o pai.
Infarto
Em 2006, o pastor sofreu um infarto enquanto andava para pregar em sua igreja. Na ocasião, ele convidou o pastor Vinícius Zulato para ministrar em seu lugar e foi levado ao hostpital às pressas parar ser examinado. Em um testemunho contado durante uma pregação, ele conta que ainda tinha o desejo de ver seu neto. Assista o testemunho do pastor Márcio Valadão.


Um Crime contar uma Criança de 10 Anos Praticado por um Suposto Pastor Evangélico

Pastor afirma ter estuprado criança de 10 anos “em nome da glória de Deus”

By | fevereiro 11, 2016

O crime foi cometido em Campo Grande (MS); onde o acusado, que é tio-avô do menino, estaria ainda em liberdade condicional desde agosto de 2015 quando  foi autuado em flagrante.
O pastor de 52 anos, acusado de estuprar um menino de 10 anos em troca de um par de chinelos e de um videogame, acabou confessando à polícia que cometeu o abuso sexual “em nome da glória de Deus”. O pastor, é tio-avô do menino, e foi autuado em flagrante após exames de corpo de delito na criança, que detectou ferimentos e sinais de sangramento em seu ânus.
O pastor, não teve identidade revelada, e estava em liberdade condicional desde agosto do ano passado, mas foi solto após cumprir pena pelo estupro de outro menor de idade. Ele cumpriu a pena anterior em regime fechado e, se caso for condenado mais uma vez, pode pegar até 15 anos de prisão.
Em entrevista, o delegado conta que a avó do menino foi autorizada a acompanhar as investigações e o depoimento de seu irmão, mas, apesar de o pastor ter admitido o crime, ela não acreditou em suas palavras. “Ele [o pastor] chegou a ajoelhar na frente dela, disse para a família orar por ele. Na verdade, é um dissimulado. Ele sabia bem o que estava fazendo. Planejou tudo”, afirma o delegado.

Cristãos reagem a censura de ateus militantes e espalham 1.200 placas abençoando país


Um grupo de ateus militantes fez um protesto para a retirada de uma placa com os dizeres “Deus Abençoe a América” no exterior de uma agência dos Correios na cidade de Pittsburg, no estado do Kansas (EUA). Em resposta, os moradores da cidade espalharam 1.200 placas com a mesma frase.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A iniciativa de confeccionar as placas partiu de um empresário local, que fabrica fogos de artifícios. Ele mandou imprimir 1.200 placas e 300 banners com a frase, para serem distribuídos aos moradores e colocados nos jardins das casas.
A agência dos Correios de Pittsburg exibia a frase “Deus Abençoe a América” em um grande banner no lado de fora de seu prédio há quase 15 anos, desde que Osama Bin Laden comandou o ataque às Torres Gêmeas em Nova York, em 11 de setembro de 2001.
A organização ativista Freedom From Religion Foundation, que congrega ateus, procurou a direção da empresa para que a placa fosse removida, pois tratava-se de uma expressão religiosa numa repartição pública, o que descumpriria o princípio de laicidade do Estado.
Assim que a placa foi finalmente removida, as 1.200 placas em tamanho menor foram espalhadas pela cidade. Dezenas de carros fizeram fila em frente à loja de fogos de artifícios para retirar os letreiros.
“Estamos entre a maioria que não concorda com a decisão”, disse Jason Marietta, diretor de vendas da empresa, segundo informações do Christian Post.
Jerry Moran, senador pelo estado do Kansas, parabenizou a iniciativa da comunidade em resposta aos ativistas ateus: “Eu estou com eles. A Constituição garante o direito à liberdade de religião, não liberdade da religião. Esta bandeira não é apenas uma expressão de fé, mas de amor pelo país”, argumentou.
Os Estados Unidos atualmente vivem um momento de forte iniciativa ateísta, liderada principalmente pela Freedom From Religion Foundation.

Muçulmano extremista é preso após admitir plano de atentado terrorista contra igreja evangélica


Um extremista muçulmano foi preso por planejar um atentado terrorista contra uma igreja evangélica na cidade de Detroit, no estado de Michigan (EUA). O plano, ainda em elaboração, foi descoberto por um agente disfarçado do FBI.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Os investigadores consideram que Khalil Abu-Rayyan, 21 anos de idade, é um simpatizante do Estado Islâmico, “devido às ameaças cada vez mais violentas que ele fez sobre cometer atos de terror e martírio – incluindo atos brutais contra policiais, cristãos e outros – em nome da organização”, disse um comunicado do FBI.
Sobre o ataque, Abu-Rayyan admitiu que vinha, metodicamente, adquirindo os itens necessários: “Eu não sei o nome dela [a igreja], mas é perto do meu trabalho. É uma das maiores de Detroit. Sim, eu tinha isso planejado. Eu comprei um monte de balas. Eu treinei bastante. Eu treinei também para recarregar as armas. Mas meu pai procurou no meu carro um dia e ele descobriu tudo. Ele encontrou a arma, as balas e uma máscara que eu usaria no ataque”, afirmou o muçulmano preso, segundo o jornal Detroit News.
O FBI chegou até ele após suas publicações no Twitter, demonstrando apoio ao Estado Islâmico e comemorando os atos praticados pelos terroristas.
“Honestamente, eu lamento não fazê-lo. Se eu não promover a jihad no Oriente Médio, eu faço a minha jihad por aqui”, afirmou ele, em depoimento aos investigadores, expressando convicção no que havia planejado.
O agente do FBI que o investigou disse ter ouvido de Abu-Rayyan que tinha “o sonho de decapitar alguém”. No momento, apesar das declarações do muçulmano extremista, ele não está sendo acusado de terrorismo. Por enquanto, as autoridades só encontraram provas de porte ilegal de armas e drogas.

Mesmo sob perseguição e guerra, pastor se recusa a deixar a Síria: “Deus está estendendo as mãos”

Mesmo sofrendo com a perseguição religiosa do Estado Islâmico, e o estado de caos em que a Síria está mergulhada por conta da guerra civil contra o regime do presidente Bashar al-Assad, um pastor evangélico se recusa a deixar o país por entender que é preciso resistir.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O reverendo Harout (foto), um pastor armênio que lidera uma igreja na Síria, visitou os Estados Unidos para participar do Café da Manhã no Dia Nacional de Oração, que reuniu diversas lideranças cristãs e políticas do país, incluindo o presidente Barack Obama.
Na entrevista à emissora Christian Broadcasting Network, Harout pediu que seu nome completo fosse omitido por questões de segurança. “Nossa vida se tornou muito perigosa e estamos nos sentindo mais responsáveis para com as pessoas que estão servindo […] Esta nação devastada [Síria] precisa de pessoas cheias do Espírito, de amor e compaixão e nós estamos tentando estar com elas, enquanto a guerra também está lá”, afirmou.
O templo da igreja liderada por Harout fica em Alepo, e funciona como um centro que atende a toda a comunidade, sejam cristãos ou muçulmanos, e oferece ajuda a quem, de alguma forma, sofre com a guerra.
“A nossa igreja e o nosso pátio estão localizados em uma região dominada pelo islamismo e todo mundo vem à nossa clínica. Eles nos procuram pelo nosso centro de ação de serviço social e nós tentamos e estender a mão e ajudar especialmente quando ocorrem os cortes no fornecimento de água fora em Alepo”, afirmou o pastor.
A alegria da congregação, segundo Harout, é compartilhar as conquistas com a população: “Nós nos sentimos muito bem em saber que tudo o que temos de riqueza ou possibilidades, acessibilidade, tentamos partilhar com a comunidade, sem qualquer discriminação. Este é o nosso ensino, esta é a nossa fé, e isso é que os sírios devem fazer em seu país”, frisou.
Na entrevista, o pastor destacou que muitos templos foram destruídos na Síria, por conta da ação dos terroristas do Estado Islâmico e também por causa da guerra entre as forças armadas do país e os grupos rebeldes, que querem forçar a saída de Assad do poder. No entanto, o pastor revelou que, imediatamente após um templo ser destruído, os membros daquela igreja se reúnem e começam repará-lo, para que tenham a sensação de que podem retomar a vida.
E são esses detalhes que, segundo Harout, ele e sua família não deixarão o país: “Temos que estar lá, temos de ser protetores das nossas igrejas, nossas escolas e nossos clubes sociais […] Estamos muito preocupados com todos os que saíram, porque estamos ouvindo tantas histórias de que eles não estão em boas condições”, afirmou, fazendo referência aos refugiados que tentam alcançar a Europa e a América.
“Algumas famílias [refugiados] também estão nos chamando em Alepo, na Síria, e dizendo: ‘Pastor, se você conseguir alguma coisa, estamos planejando voltar com a nossa família para Alepo, porque não queremos ficar assim por muitos anos”, acrescentou.
“Meu espírito está calmo, estamos muito confiantes em Deus. Todos os dias sentimos que Ele está nos protegendo e está estendendo suas mãos sobre a Síria […] Eu não quero ir embora, eu tenho que estar com o meu povo, com a comunidade. Como chefe das igrejas armênias protestantes na Síria, Deus me chamou para estar aqui. Ser um pastor não é um chamado apenas para os dias bons, é para todo o tempo, é para todos os dias”, concluiu.

Cristãos recebem treinamento militar para expulsar o Estado Islâmico do norte do Iraque

Uma força-tarefa multidisciplinar foi formada no Iraque para combater o Estado Islâmico com a ajuda de cristãos, que se aliaram ao exército do país e a um grupo de milicianos, que já vinham repelindo as forças dos terroristas.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A ideia é recuperar a cidade de Mosul, no norte do Iraque, conhecida como um reduto cristão no país, repleta de igrejas. Quando os terroristas dominaram a região, obrigaram os cristãos a fugirem, e os que ficaram, foram mortos de maneiras terríveis por não negarem Jesus Cristo.
Segundo informações do Christian Post, a força-tarefa é chamada de Unidade de Proteção da Planície de Nínive (NPU), e foi formada há dois anos após a onda de violência contra cristãos. Os responsáveis trabalham em parceria com o Governo Regional do Curdistão Iraquiano.
“Estamos atualmente com 600 combatentes treinados e mais jovens cristãos estão prontos para se juntar a nós”, afirmou o comandante da unidade militar cristã, Sefa Ilyas Checo. “Estamos prontos para lutar contra o Estado Islâmico dentro da cidade de Mosul”, acrescentou.
De acordo com informações do Voice of America, a NPU possui alta receptividade da população dos arredores de Mosul, justamente por causa de seu objetivo primário, que é expulsar os terroristas da região.
A NPU recebe apoio do grupo Sons of Liberty (“filhos da liberdade”, na tradução do inglês), que treina os voluntários da força-tarefa que não são membros do exército iraquiano. A parceria começou em dezembro de 2014.
“O objetivo da NPU está além de apenas lutar contra o Estado Islâmico. Não é apenas um projeto a curto prazo. Eles esperam se tornar uma força de segurança para a sua região a partir de agora, e conseguir provar ao seu povo que eles estarão seguros, que eles podem permanecer no país e que o cristianismo pode sobreviver no Iraque”, afirmou Matthew VanDyke, supervisor do Sons of Liberty, em entrevista ao Christian Post em abril de 2015.

Casos de zika vão diminuir nas Olimpíadas, diz especialista francês



Para Eric Caumes, diretor do serviço de doenças tropicais do hospital francês Pitié Salpêtrière, apesar do avanço da doença, o número de casos deve diminuir no inverno, durante as Olimpíadas.
Apesar das Olimpíadas favorecerem a circulação de um grande número de pessoas, aumentando potencialmente as transmissões, o inverno deve bloquear o avanço do vírus, diz o professor Caumes. “O mosquito precisa de 24 graus constante para se reproduzir”, explica. “Historicamente sabemos que nas epidemias de dengue, os casos desaparecem no inverno, e a epidemia acaba em maio, em geral”, declarou. O fato das temperaturas continuarem altas no inverno brasileiro não altera o ciclo do mosquito, afirma.
A epidemia do zika vírus no Brasil, onde já foram confirmados mais de 1 milhão de casos, por enquanto não é motivo de preocupação para o Comitê Olímpico Internacional, que já declarou que o Brasil está pronto para organizar o evento.
Um plano de ação já foi estabelecido para minimizar o impacto do vírus e "aconselhar" os visitantes das áreas atingidas.  Uma precaução necessária, mas o especialista francês é otimista. “O número de casos vai diminuir. Os Jogos Olímpicos acontecem em pleno inverno, quando não há mais mosquitos ou eles são menos ativos”, explica Caumes. “Eles estarão em hibernação."
Paralelamente, o diretor do hospital francês também explica que há uma confusão entre os mosquitos transmissores: no Brasil, apenas o Aedes aegypti é vetor da doença, que também pode ser transmitida pelo mosquito tigre, conhecido como Aedes Albopictus, presente em algumas regiões da Europa, inclusive na França. “Não há mosquito tigre no Brasil e as pessoas às vezes confundem os vetores”, declara.
Vacina deve ser lançada no mínimo em três anos
O laboratório farmacêutico Sanofi declarou na terça-feira (09) que os testes clínicos da vacina contra o zika vírus devem começar dentro de um ano. “Mas seu desenvolvimento vai demorar no mínimo três anos”, disse o diretor-geral Olivier Brandicourt. Segundo ele, as equipes agora buscam verificar se os pacientes que adquiriram uma imunidade contra a dengue estão protegidos do zika. “Isso seria uma ótima novidade”, declarou.
Para o professor Caumes, é difícil imaginar uma vacina antes de dez anos. “Isso exige anos e anos de pesquisa, e por enquanto não temos nada sobre o zika. Basta ver há quanto tempo começaram os estudos sobre a dengue antes do lançamento de uma vacina”, diz.
Governos do mundo inteiro se comprometeram a apoiar o desenvolvimento de uma vacina. O presidente americano Barack Obama anunciou na segunda-feira (8) a intenção de desbloquear US$ 1,8 bilhão para a prevenção e a pesquisa sobre o zika.

Dólar fecha em alta frente ao real pela 3ª sessão com mau humor global

O dólar fechou com alta de mais de 1 por cento frente ao real nesta quinta-feira, terceiro dia seguido de avanço, reagindo ao ambiente de aversão a risco nos mercados globais diante de persistentes preocupações com a saúde da economia mundial e nova queda dos preços do petróleo.
O dólar avançou 1,22 por cento, a 3,9837 reais na venda, acumulando ganhos de 2,30 por cento em três pregões.
"Há medo de que a economia mundial volte a atravessar um período de fraqueza prolongado, o que faz o mercado se proteger no dólar", disse o diretor de câmbio do Banco Paulista, Tarcísio Rodrigues.
Ele citou ainda a queda dos preços do petróleo nesta sessão, em meio à sobreoferta global e expectativas de fraqueza na demanda devido à desaceleração da economia mundial. O óleo vem oscilando próximo das mínimas em 12 anos nas últimas semanas, reduzindo a demanda por moedas ligadas a commodities, como o real.
A chair do Federal Reserve, Janet Yellen, reconheceu em audiência no Senado norte-americano que as turbulências financeiras globais vêm sendo mais fortes que o esperado, mas salientou pontos positivos na recuperação dos EUA. A declaração sustentou o avanço do dólar, reforçando a percepção de fragilidade da situação econômica global.
"Se o Fed está surpreso com essa volatilidade (nos mercados globais), o mercado tem motivo para ficar ainda mais cauteloso", disse o operador de uma corretora nacional, ressaltando que essas preocupações predominaram sobre a perspectiva de que o Fed demore para aumentar os juros nesse contexto.
O dólar avançava mais de 2 por cento em relação ao peso mexicano e atingiu nova máxima histórica, mesmo após o banco central do país vender 400 milhões de dólares em dois leilões.
No cenário local, investidores continuaram preocupados com as perspectivas para a economia brasileira e a política fiscal.
"Investidores seguem céticos com relação ao ajuste necessário, e as propostas em discussão não parecem gerar maior confiança", escreveram analistas da corretora Guide Investimentos em nota a clientes.
Nesta manhã, o Banco Central promoveu mais um leilão de rolagem dos swaps que vencem em março, vendendo a oferta total de 11,9 mil contratos. Ao todo, a autoridade monetária já rolou 3,487 bilhões de dólares, ou cerca de 34 por cento do lote total, que equivale a 10,118 bilhões de dólares.

Apresentadora de TV iraniana quebra tabu ao denunciar assédio sexual de chefe




Foto: Facebook Sheena Shirani: 'Se você for mãe solteira, estará desprovida de qualquer valor nesta sociedade', disse Sheena
Corporation 'Se você for mãe solteira, estará desprovida de qualquer valor nesta sociedade', disse Sheena
Denúncias de assédio sexual no trabalho divulgadas por uma apresentadora de TV iraniana estão estimulando mulheres a quebrar o silêncio e dividir experiências quanto a um problema tradicionalmente não reconhecido no país.
Sheena Shirani, apresentadora da Press TV, canal estatal com notícias em inglês, quebrou um tabu ao falar de assédio sexual que diz ter sofrido por parte de dois chefes por muito tempo.
As acusações da apresentadora vieram a público de forma espetacular quando ela postou na internet as gravação de uma conversa telefônica na qual um homem, que seria seu chefe, Hamid Reza Emadi, pede repetidamente favores sexuais.
Após o incidente de assédio, ela pediu demissão e deixou o país, para, em seguida, publicar o áudio na internet. A conversa foi ouvida mais de 120 mil vezes na página da apresentadora no Facebook e em um site iraniano de notícias baseado fora do país.
Sugerido pela Windows Store
 

Sheena também compartilhou uma captura da tela de seu celular com uma troca de mensagens entre ela e Emadi, na qual ele pede que ela retire o áudio do ar.
Outra captura do celular, aparentemente de uma conversa via WhatsApp, mostra uma declaração de Emadi negando as acusações e afirmando que o áudio é falso.
No entanto, em um passo inédito, a Press TV anunciou ter suspendido dois de seus funcionários enquanto são investigadas as acusações. Um deles seria Emadi e o outro, um homem que Sheena também acusa de tê-la assediado.
Em um comunicado, a Press TV disse que "embora o áudio não possa ser usado legalmente (como prova) e nenhuma denúncia (formal) tenha sido feita", o caso "é sério" e será investigado.

'Razões políticas'

A emissora também afirma que o áudio publicado por Sheena foi feito com ajuda "de pessoas que se opõem ao sistema iraniano por razões políticas".
Sheena respondeu ao comunicado da emissora e justificou o fato de ter usado redes sociais antes de buscar uma reclamação formal dizendo não ter tido outra alternativa, uma vez que as pessoas para as quais poderia ter feito a denúncia eram as mesmas que a assediavam.
© Copyright British Broadcasting Corporation Em troca de mensagens, homem denunciado pede a retirada de áudio supostamente comprometedor
Em troca de mensagens, homem denunciado pede a retirada de áudio supostamente comprometedor"Numa sociedade como a iraniana, se você for fraco e não tiver laços com poderosos, você está sozinho. Mais ainda, se você for mãe solteira, estará desprovida de qualquer valor nesta sociedade", disse ela à seção persa da Voice of America - serviço de radiodifusão internacional financiado pelo governo americano.
"Eu sabia que ninguém me via como profissional. Eu era vista sexualmente", complementou.
As ações da apresentadora despertaram imediatamente um debate sobre assédio sexual em locais de trabalho nas redes sociais iranianas.
Postagens afirmando que as mulheres "precisam aprender com ela e defender seus direitos", ou saudando "a bravura e a dignidade" que revivem a "voz das vítimas", estão entre os muitos que repercutiram a denúncia.
Em outros incidentes de assédio sexual no Irã, as vítimas, principalmente mulheres, são acusadas de "comportamento inapropriado" e não veem seus casos acolhidos por autoridades.
Sheena Shirania trabalhava na Press TV desde 2007. Ela é divorciada e tem um filho.
Emadi, que é casado, já esteve envolvido em polêmicas antes. Em 2013, ele foi alvo de sanções da União Europeia após o canal de TV ter transmitido uma entrevista - que teria sido realizada sob coação - com o jornalista daNewsweek Maziar Bahari. Por causa dessa entrevista, a Press TV acabou perdendo sua licença de transmissão no Reino Unido.

Conheça Isaquias Queiroz, atleta da canoagem que desponta como favorito ao título nas Olimpíadas

Na reta final antes de começarem os Jogos Olímpicos, diversos nomes de atletas começam a surgir como favoritos ao título em suas modalidades.O melhor, entretanto, é quando surgem nomes de esportistas brasileiros nessa lista, já que o país já está respirando a competição que rola em agosto no Rio de Janeiro. 
Com a canoagem é exatamente isso que acontece. O nome de Isaquias Queiroz vem despontando como um dos principais no esporte. E ofavoritismo não veio por acaso. Ele já é tricampeão mundial de canoagem develocidade, sendo duas vezes na categoria C-1 500 e uma na C-2 1000, assim comoé bicampeão pan-americano em Toronto, na C-1 200 e na C-1 1000. Com isso, não tem como negar que ele é um dos favoritos da modalidade nos jogos do Rio. 
Se confirmar a boa fase dos últimos anos, o canoístade 22 anos de idade pode ser o primeiro brasileiro a subir no pódio olímpico nacanoagem. Agora só nos resta torcer para que ele realmente abocanhe a medalha de ouro na modalidade e ainda coloque seu nome na história dos Jogos Olímpicos. 

Preços do petróleo caem e se aproximam de mínima em 12 anos

SÃO PAULO – Os preços do petróleocaem nesta quinta-feira (11) e são negociados perto do menor valor registrado em 12 anos, com os estoques no ponto de entrega do barril tipo WTI atingindo um recorde máximo – mesmo com a queda de estoques em todo o país.
Os estoques em Cushing (Oklahoma), o maior centro de armazenamento nosEUA, aumentaram em 523 mil barris, para 64,7 milhões, de acordo com dados do governo norte-americano.
- Espresso Financista: receba grátis a newsletter que tem tudo para você ficar bem informado
Para Kyle Cooper, diretor de pesquisa da IAF Advisors, a queda dos preços é favorecida pela forte baixa no mercado acionário dos EUA e pelos números pessimistas implícitos no relatório do Departamento de Energia divulgado nesta quarta-feira (10).

O excesso de oferta de petróleo tem sido um componente importante durante todo o ano de 2016, segundo Tom Kloza, chefe de análise do OPIS (Oil Price Information Service).
“A fraqueza adicional de hoje vem de cortes no funcionamento das refinarias nos EUA. Os preços de gasolina nas refinarias caíram para menos do que o preço do petróleo em várias ocasiões, então algumas refinarias estão realizando cortes em suas operações, e, portanto, não precisam de tanto petróleo."
Kloza também destacou a O Financista que o mercado está preocupado com a demanda dos mercados emergentes e com a recessão global.
Cotações
Por volta de 17h, em Londres, o barril de petróleo tipo Brent tinha queda de 1,59%, cotado a US$ 30,35.
Em Nova York, o barril tipo WTI, com entrega para março, recuava 2,51%, a US$ 26,76.
(Com Bloomberg News)

Ministro admite atraso na distribuição de kits para diagnóstico de Zika

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, admitiu hoje (11) que houve atraso na distribuição de kits para diagnóstico do vírus Zika por laboratórios credenciados pelo governo. “Houve uma pequena demora, mas já perfeitamente corrigida”, disse. Segundo ele, o entrave envolveu a própria licitação, que atrasou.
A previsão da pasta é que 100 mil kits para diagnóstico do Zika sejam distribuídos a todos os estados. “Quem não recebeu está recebendo”, disse o ministro. “Já tomamos a decisão de tornar a enfermidade de notificação compulsória. A gente quer fazer isso com toda a segurança”, afirmou.
Em janeiro, Castro anunciou que kits para testes rápidos de detecção do vírus Zika, da febre chikungunya e da dengue seriam distribuídos para laboratórios de todo o país em fevereiro. O kit foi desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), uma das unidades da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Com informações da Agência Brasil.