Web Radio Jesus Cristo Gospel: 2014-01-19

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Dilma afirma em Davos que emergentes terão papel estratégico no mundo Leia mais em: http://zip.net/bgmbRW

24 Jan (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira, em discurso no Fórum Econômico Mundial em Davos (Suíça), que os países emergentes continuarão a ter papel estratégico no cenário mundial, ressaltando que o Brasil precisa e quer investimentos privados, nacionais e externos.
Dilma disse ainda que o horizonte dos emergentes aponta na direção das "oportunidades".
Em sua primeira participação no evento na Suíça, a presidente disse ainda que a responsabilidade fiscal é princípio "basilar" da visão de desenvolvimento econômico e social do Brasil e que o governo vai aprimorar o controle das contas dos entes federados.
Dilma também prometeu, durante o discurso, aumentar a taxa de investimento em relação ao PIB para sustentar o crescimento no longo prazo e acrescentou que neste ano será realizado o primeiro leilão de ferrovia no Centro-Oeste.
Dilma aproveitou o discurso no evento realizado na Suíça para reiterar que o Brasil está preparado para receber a Copa do Mundo deste ano.
Leia mais em: http://zip.net/bgmbRW

Frente fria chega a Santa Catarina, mas calor continua

Depois de dias de calor quase insuportáveis, nesta sexta-feira a temperatura continuará alta em Santa Catarina. A diferença é que agora uma frente fria se aproxima trazendo chuva. Apesar da condição, isso não significa que o termômetro apresentar números menores. Mesmo quem estiver no litoral vai passar calor. O fim de semana ficará um pouco mais fresco. Dos 40°C previstos para sexta em algumas regiões, por exemplo, pode-se chegar a 30°C no sábado e domingo. Ainda assim, será um período abafado, úmido, mas não deixa de ser quente. Situação típica do verão.

Daniel Queiroz/ND
Vale tudo para escapar dos raios solares

Às 16h de quinta-feira, em Florianópolis os termômetros marcavam 34,5°C, a maior temperatura do dia, com sensação térmica de 46°C. Um pouco menor do que na quarta-feira, quando a máxima foi de 36,5°C. Mais cedo, às 8h37 de quinta, no termômetro da avenida Beira-Mar Norte constava 27°C. Às 18h29, o mesmo contador marcava 33°C. 
Até agora, na quarta foi registrado o dia mais quente do ano. Joinville teve a temperatura mais alta do Brasil com 40°C. Mas o recorde do ano pode ser superado nos próximos dias.  O meteorologista da Epagri/Ciram, Marcelo Martins, explica que para este verão estão previstas de duas a cinco ondas de calor intensas e ainda estamos passando pela segunda. “Não se assuste se daqui a 15 dias voltar a fazer a mesma temperatura”, alerta.
A sensação de que este ano está mais quente não é à toa. O meteorologista lembra que em 2012 e 2013 os verões foram mais chuvosos e úmidos, não tão quentes no mês de janeiro. Porém, Martins afirma que o verão de 2011 foi similar ao de agora, com períodos mais secos ou mais quentes alternando ao longo da estação. “Este ano os dias têm ficado de 10 horas a 12 horas com temperatura acima de 30°C. À noite o calor continua muito elevado, por isso a sensação de abafamento é quase 

Risco de temporal no fim de tarde
Hoje a média prevista para a região litorânea de Florianópolis segundo a Epagri/Ciram é de 34°C, com sensação térmica novamente alta, ultrapassando os 40°C. Há risco de temporal por causa da passagem de uma frente fria, mas o forte calor aliado à umidade relativa do ar mais alta deixa a sensação de ar abafado.
Segundo o meteorologista Marcelo Martins, o choque com a forte massa de ar quente sobre o Sul do país favorece rajadas de vento acima de 70 km/h. A chuva deve vir com força num curto espaço de tempo e em alguns locais com queda de granizo.
No sábado e domingo as nuvens aparecem mais sobre todo o Estado. A chuva será forte entre madrugada e manhã. Entre a tarde e noite ocorrem pancadas isoladas.