Web Radio Jesus Cristo Gospel: 2013-11-17

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Família busca menina de 13 anos que desapareceu em Goiânia

Parentes e amigos estão à procura da estudante Dauana Aparecida Martins, de 13 anos, desaparecida desde a última quinta-feira (14). Os pais, que moram na Vila Aguiar, em Goiânia, reclamam que a ocorrência não foi registrada pela Polícia Civil devido à greve de agentes e escrivães.

A mãe da menina, a dona de casa Graziele Martins, suspeita que a filha tenha fugido com o namorado. Desesperada, ela apela para que a menina volte para casa. “Pelo amor de Deus, volte. A gente faz tudo por você”, destacou.
Imagens feitas por câmeras instaladas na casa da família mostram o momento exato em que a garota deixa o local (assista vídeo acima). Primeiro, uma mulher e um rapaz chegam em um mototáxi e usam um celular para fazer uma ligação. Em seguida, a menina sai da residência, conversa com a dupla, e volta para o interior da casa. Logo depois, aparece com outras roupas e o trio vai embora.
Ao G1, o pai da adolescente, o segurança João Brito, afirma que o jovem e a mulher que aparecem nas imagens seriam o namorado da filha e a mãe dele. "Já procurei em uns quatro endereços que me passaram deles, mas nenhum coincide. Falaram que esse menino tem envolvimento com droga e furto", conta o pai.
A família buscou ajuda em uma delegacia no mesmo dia do desaparecimento, mas recebeu a informação de que as buscas somente poderão ser feitas com o término da greve, o que não tem previsão para acontecer. "Eles não me atendem. Não sei mais o que fazer", desabafou a mãe.
Sem o apoio da Polícia Civil, o pai conta que amigos, familiares e colegas de trabalho estão ajudando a procurar Dauana. "Toda força, ajuda é bem-vinda. Estou na esperança de encontrá-la", ressalta.
Câmeras mostram momento em que menor deixa a casa da família (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Câmeras mostram momento em que menor deixa a casa da família (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Família busca menina de 13 anos que desapareceu em Goiânia

Parentes e amigos estão à procura da estudante Dauana Aparecida Martins, de 13 anos, desaparecida desde a última quinta-feira (14). Os pais, que moram na Vila Aguiar, em Goiânia, reclamam que a ocorrência não foi registrada pela Polícia Civil devido à greve de agentes e escrivães.

A mãe da menina, a dona de casa Graziele Martins, suspeita que a filha tenha fugido com o namorado. Desesperada, ela apela para que a menina volte para casa. “Pelo amor de Deus, volte. A gente faz tudo por você”, destacou.
Imagens feitas por câmeras instaladas na casa da família mostram o momento exato em que a garota deixa o local (assista vídeo acima). Primeiro, uma mulher e um rapaz chegam em um mototáxi e usam um celular para fazer uma ligação. Em seguida, a menina sai da residência, conversa com a dupla, e volta para o interior da casa. Logo depois, aparece com outras roupas e o trio vai embora.
Ao G1, o pai da adolescente, o segurança João Brito, afirma que o jovem e a mulher que aparecem nas imagens seriam o namorado da filha e a mãe dele. "Já procurei em uns quatro endereços que me passaram deles, mas nenhum coincide. Falaram que esse menino tem envolvimento com droga e furto", conta o pai.
A família buscou ajuda em uma delegacia no mesmo dia do desaparecimento, mas recebeu a informação de que as buscas somente poderão ser feitas com o término da greve, o que não tem previsão para acontecer. "Eles não me atendem. Não sei mais o que fazer", desabafou a mãe.
Sem o apoio da Polícia Civil, o pai conta que amigos, familiares e colegas de trabalho estão ajudando a procurar Dauana. "Toda força, ajuda é bem-vinda. Estou na esperança de encontrá-la", ressalta.
Câmeras mostram momento em que menor deixa a casa da família (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Câmeras mostram momento em que menor deixa a casa da família (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Família busca menina de 13 anos que desapareceu em Goiânia

Parentes e amigos estão à procura da estudante Dauana Aparecida Martins, de 13 anos, desaparecida desde a última quinta-feira (14). Os pais, que moram na Vila Aguiar, em Goiânia, reclamam que a ocorrência não foi registrada pela Polícia Civil devido à greve de agentes e escrivães.

A mãe da menina, a dona de casa Graziele Martins, suspeita que a filha tenha fugido com o namorado. Desesperada, ela apela para que a menina volte para casa. “Pelo amor de Deus, volte. A gente faz tudo por você”, destacou.
Imagens feitas por câmeras instaladas na casa da família mostram o momento exato em que a garota deixa o local (assista vídeo acima). Primeiro, uma mulher e um rapaz chegam em um mototáxi e usam um celular para fazer uma ligação. Em seguida, a menina sai da residência, conversa com a dupla, e volta para o interior da casa. Logo depois, aparece com outras roupas e o trio vai embora.
Ao G1, o pai da adolescente, o segurança João Brito, afirma que o jovem e a mulher que aparecem nas imagens seriam o namorado da filha e a mãe dele. "Já procurei em uns quatro endereços que me passaram deles, mas nenhum coincide. Falaram que esse menino tem envolvimento com droga e furto", conta o pai.
A família buscou ajuda em uma delegacia no mesmo dia do desaparecimento, mas recebeu a informação de que as buscas somente poderão ser feitas com o término da greve, o que não tem previsão para acontecer. "Eles não me atendem. Não sei mais o que fazer", desabafou a mãe.
Sem o apoio da Polícia Civil, o pai conta que amigos, familiares e colegas de trabalho estão ajudando a procurar Dauana. "Toda força, ajuda é bem-vinda. Estou na esperança de encontrá-la", ressalta.
Câmeras mostram momento em que menor deixa a casa da família (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Câmeras mostram momento em que menor deixa a casa da família (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)